sábado, 12 de maio de 2012

Passos Coelho – Calado, continuaria um traste... mas um nadinha mais suportável!


Claro que os “comunas”, sempre do contra e de mau humor, tinham que achar «uma ofensa» a ideia de Passos Coelho, tão moderna, flexível e “neo tudo e mais alguma coisa”... de que o «desemprego pode ser uma oportunidade».
Claro que, num mundo ideal, haveria sempre a possibilidade de um grupo de desempregados considerar esta frase do primeiro ministro como uma “oportunidade” para lhe remodelar os dentes.
Mas... já se sabe. Os “mundos ideais” são como os táxis em dias de chuva, por mais que sejam precisos. Só muito raramente aparecem!!!

13 comentários:

São disse...

Fiquei siderada ao ouvir tamanho desplante.

Mas em que planeta vive a criatura?! Seria uma oportunidade em outr contexto!! Será tão complicado de entender que as pessoas estão desmpregadas porque a política da criatura a isso as obrigou??

Bom fim de semana para vós,

Man disse...

Uma frase imprópria de uma pessoa inqualificável.

Rogério Pereira disse...

Entre falante
e calado
gosto mais de ouvir o tratante
sempre me rio... um bocado

(para além de me acordar a raiva)

Graça Sampaio disse...

Eu não sou desempregada mas ofereço-me para chefiar o grupo que lhe poderá "remodelar os dentes"... Parolo! Energúmeno! Indigente!

Graciete Rietsch disse...

Os dias ideais não se fazem com Passos(de)Coelho.
Vão-se construindo com a luta.
Mas aquela frase bem merecia uma cajadada.

Um beijo.

Provoca-me disse...

Mas a Liberdade e a Democracia pela qual lutamos há-de chegar, que a malta não desiste, nem vai parar de lutar, e este sistema há-de ser derrubado, e de vez.

trepadeira disse...

Remodelar-lhe o pescoço.Não é o que se faz aos coelhos.

Um abraço,
mário

João Pedro Caniço disse...

O que é que se pode esperar de um tipo que passou a juventude na zona de conforto dos jotinhas, acabou a licenciatura aos 37 anos - tirada numa qualquer faculdade privada manhosa - e cuja experiência profissional passa pelas empresas do execrável Ângelo Correia? Que moral é que esta besta tem para vir falar - nos termos em que falou - de desemprego e empreendedorismo?

Carolina disse...

Esse peru, que tanto prega o empreendedorismo, parece que só teve um emprego,arranjado por outro cromo igual a ele, antes de se tornar Primeiro-Ministro. Quer dizer, até agora tem trabalhado por conta de outrém.
É triste ver Portugal entregue nas mãos de crápulas como esse.
Se ficasse com a boca fechada era bem melhor.

Antuã disse...

A besta é execcrável.

Medronheiro disse...

Mandem o Coelho para o desemprego que eu tenho uma enxada e um terreno para lhe dar uma oportunidade.

GR disse...

O desemprego dá-nos uma nova oportunidade para a fome, a falta de habitação, a impossibilidade de comprar medicamentos, maior exploração de trabalhos precários.
Matam-nos lentamente e ainda se divertem.
Na Manifestação do Porto, no passado sábado, fomos mais de 10 000 a gritar “Coelho para a rua!”, no dia 26 voltará a ouvir.

Bjs,

GR

Anónimo disse...

Como é possível este povo tão sapiente!!! ter votado naquele ser que nem qualficação tem?!!!...
Saudações
Vicky