domingo, 8 de julho de 2012

Chico Buarque e Mart’nália – Deixe a menina sambar em paz


Mart’nália é uma combinação explosiva de duas pessoas. Martinho da Vila e Anália Mendonça. Nunca ouvi a sua mãe cantar, mas pelos vistos a alquimia responsável pelo nascimento deste ser especial, misturou de forma perfeita o que havia de melhor para misturar. Excepção feita ao nome... mas isso sou eu, que não tenho o gosto brasileiro para criar nomes originais.
Mart’nália canta, compõe, toca “violão” e é exímia percussionista, sendo que esta última “habilidade” já a fez correr mundo, integrando as bandas de grandes músicos, antes de se ter aventurado como cantora.
Hoje e aqui, podemos vê-la como convidada do Chico Buarque, num espectáculo ao vivo, fazendo um dueto numa mistura de duas velhas canções dele, “Sem compromisso” e “Deixe a menina”.
O contributo dela, que deixa o Chico tão feliz quanto desconcertado... é algo como se alguém encontrando uma fogueira, resolvesse juntar-lhe gasolina, tal é o balanço, o gozo, a irreverência, a provocação irresistível e a recriação irremediável das canções que, como uma avalanche, arrastam a habitual pacatez dele para parte incerta.
Mart’nália é uma força da Natureza que merece ser muito mais conhecida.
Bom domingo!
“Sem compromisso” e “Deixe a menina” – Chico Buarque e Mart’nália
(Francisco Buarque de Holanda)



7 comentários:

Anónimo disse...

Ui! :) que bem que sabe vir aqui ao domingo! :)

como te disse há dias, já lá vão muitas luas que não visito outros blogs (por muitas razões... e mais uma). acho que vou começar a fazer o mesmo por aqui, excepto nestes dias em que nos ofereces Paz, com temas como este! :)


vovómaria

Graciete Rietsch disse...

Que lindo!!! É música, é dança,é representação, é mensagem!!!!!
E como tu escreves bem!!!!!

Um beijo.

do Zambujal disse...

Boa!

Um abraço agradecido

Maria da Luz disse...

Graças ao seu infinito bom gosto e
"excelentes" convidados o Cantigueiro
é obrigatório,pelo menos aos Domingos.

Justine disse...

Ai Samuel, as coisas que tu descobres! E eu práqui derretida, a desafinar, mas a cantar em altos berros:-))))
Bom domingo, que já ganhei o meu!

trepadeira disse...

Muito bom.

Um abraço,
mário

Zuza Zapata disse...

Oi,
Muito bacana a postagem!
Abraços,
Zuza Zapata
www.zuzazapata.com.br